segunda-feira, 9 de maio de 2011

Vai fazer farófias, pá!

Como se fosse possível generalizar assim.....

PSD quer reduzir funcionários públicos, cinco saídas para uma entrada


Claro, agora quando sairem três ou quatro pessoas de uma biblioteca daquelas com dois andares que estão abertas das 9h às 20h não se recruta ninguém. Fica só lá uma pessoa a trabalhar para o edificío todo.
Chega e sobra.
Toda a gente sabe que chega e sobra.
Não se vai à casa de banho, uma pessoa dá na boa para se controlar todos os pisos, mantem-se tudo em silêncio, assim até se escusa de ter pausa para almoço - sim para quê???!!!- porque assim sendo, pode-se mesmo comer na sala de leitura e trabalhar tudo corrido onze horas e ganhar 600€. Não, pensem melhor. Paguem antes 500€ que é uma conta mais redonda.

E o trabalho de gestão?



E o trabalho técnico? Alguém precisa que a informação esteja disponibilizada? Não, pois não? Bem me parecia.

E os livros por arrumar?

Parece que já estou a imaginar o cenário.

Será que o Sr. Passos Coelho pensa a mesma coisa da biblioteca da Assembleia? Ou da biblioteca da universidade onde trabalha? (ah, esperem lá, esta última é privada.........)
Que quando sairem cinco só entra um?
Não sei porquê, mas não ia ser um cenário bonito....

A sério, às vezes devia deixar de ler notícias.

5 comentários:

Lux disse...

Pois... Uma pessoa chega e sobre... E ainda fica com muito ptempo livre...
Eu cá, também acho que vou começar a deixar de ler/ouvir notícias... É que estou a ficar saturada de tanta imbecilidade junta!

xoxo
Lux

When Pigs Fly... disse...

Se fosse só o Passos Coelho... não estou a ver o Socas a fazer diferente... e os outros não têm possibilidades nenhumas de chegarem à frente (e mesmo que chegassem, o país está tão de pantanas que... enfim)...
Olha, mas vale ter (emprego) mas pouco, do que não ter nenhum...
Mas pronto, cada um sabe de si :)***

amberhella disse...

que anormalidade!!! e o pior é que as pessoas sujeitam-se a estas situações pq se não...não trabalham de todo e não têm dinheiro!! Nem toda a gente tem a sorte de vir de famílias com posses.

S* disse...

Bem, não se podem despedir pessoas a torto e a direito... mas muitos funcionários são, de facto, inúteis.

Claudia disse...

Também não acredito que Seja o Sócas a resolver, alias já não acredito em grande coisa e isso assusta!