quinta-feira, 18 de novembro de 2010

É um facto

Fiscamente, pelo menos, não estou nada bem. (Ou será que quero dizer que não estou bem espiritualmente ou psicologicamente e que isso se reflecte no físico?)

Hoje, ainda assim estou um bocadinho mais feliz. A enxaqueca que me acompanhava já há uma semana desapareceu. Os dois dentes do siso que me restam teimam em querer romper e provocam-me um terrível mal estar. Mas medo do dentista como tenho, não sei quando conseguirei voltar a lá entrar.

Sinto que todo o meu corpo se sente mal. É como se ele se sentisse incomodado de estar em mim. Há alturas que consigo sentir um mal estar da ponta dos pés à ponta dos cabelos.

Não sei o que se passa comigo, mas sinto que preciso de encontrar (novamente) alguma paz interior.

Sinto que o meu corpo e a minha alma estão zangados um com o outro. E é por isso que ele reclama tanto.

Deveria fazer alguma coisa.
Estou ainda a tentar descobrir o quê.

2 comentários:

Nicole disse...

Também tenho dias assim... quase dia-sim-dia-sim... é horrivel querer encontrar um meio termo e não saber como, nem como consegui-lo! As melhoras.

Manuela disse...

Querida Claudia, estarás a necessitar de descanso ou um passeio de fim-de-semana, fora?
Beijinhos