quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Dias sem vontade

Há uns bem mais complicados que outros.

Tento erguer a cabeça e sorrir, mas é tão complicado. (Ainda) me recuso a que a minha vida tenha de ser vivida sem ti.

1 comentário:

Manuela disse...

Um grande beijinho Claudia.