domingo, 3 de julho de 2011

Vai-se a ver e nunca percebo porque é que isto acontece

Cada vez que viajo a minha mala vai cheia, cheia, ao ponto de ficar pelas costuras. Ainda pondero levar uma maior que tenho, mas o problema é que se levo a maior, ainda me entusiasmo e desato a meter coisitas para lá para dentro e então aí havia de ser uma coisa linda. Sim, porque a menina pensa verde (e pensa a favor da carteira) e vai de comboio. Não me está muito a apetecer fazer a viagem até ao sul sozinha e alancar com 20€ de portagem e 30€ de gasolina. Ah, pois é.

Bem, vou ali tentar fechar o fecho da mala e venho já.

5 comentários:

Verita disse...

E que saudades que tenho de andar de comboio. Em Zurique ainda andei um pouco, mas a viagem foi tão curtinha :( as paisagens eram uma delícia!!
O problema da mala...não te posso ajudar! Não é fácil dar-lhe a volta :))

beijinhos e boa viagem!!

Manuela disse...

Querida Claudia, tens a certeza que vais usar tudo o que colocaste na mala? Eu acabo sempre, por não usar tudo ;)

Ana disse...

boas fériasss!! =)***

Eu disse...

Pois, eu também nunca uso tudo, mas mulher prevenida vale por duas! O pior é que quando faço a mala para regressar a casa, parece que não cabe tudo, mesmo que não tenha comprado nada! Acho que a paciência para fazer malas para voltar para casa é muito menor que quando se está de partida...

siceramente disse...

e de comboio vai-se muito bem e ainda ajudas a cp!