segunda-feira, 6 de junho de 2011

Considerações pós-eleitorais

O país vira à direita e não me agrada. Corre-me sangue de esquerda nas veias, é certo e sabido.
São muitos anos e muitas gerações na mesma luta. Não me imagino de outra forma.

Não gosto da atitude daquele que tenho, ou que tive, como o meu partido. Hoje, já não sei bem qual é de facto o Meu partido. Mas também não sei qual é aquele com o qual me poderia identificar mais (mas sim, nunca a 100%, não é preciso sermos utópicos).

Não acredito que grande coisa mudará. Passos é Passos. Só o tempo dirá como será, apesar de os próximos anos serem governados grandemente pela troika.

1 comentário:

Manuela disse...

Querida Claudia, concordo com as tuas considerações pós-eleitorais... em tudo!